Chuva

A chuvinha continuava. Numa canção esquecida, quiçá num poema, diz-se que «chove no meu coração». dá tristeza, mas uma tristeza agradável à qual compraz entregarmo-nos. É um sentimento difuso, cujo nome talvez não seja tristeza.

G.T. Ballester

A chuva ouviu e calou
meu segredo à cidade
E eis que ela bate no vidro
Trazendo a saudade

Anúncios

3 responses

  1. Para mim, é a sensação de fazer “tabula rasa” – em ponto de caramelo. 🙂

    Abril 1, 2012 às 10:25 pm

  2. Helena Gomes

    esse ponto é aquele que pinga, mas não cai?

    Abril 1, 2012 às 10:54 pm

  3. É o ponto em que algo deixou de ser o que era, em que algo muda o seu estado. É um ponto bom, é um ponto limpo e isento, apenas por ser de transição. Eu gosto desse ponto que “pinga, mas não cai”. 😉

    Abril 2, 2012 às 10:19 pm

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s