A hora do Lobo

O frio vem de noite. O frio é uma memória quente, um casaco antigo, um homem lindíssimo. E cheira a árvores e a bruma. Chegou ontem à noite e trazia um sabor de veludo nas mãos.
O Outono é uma história de gente crescida, um tango no soalho dos dias.
A Ronda dos dias
Anúncios

One response

  1. Outubro 23, 2011 às 8:30 pm

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s