O filme do desassossego

Baseado no livro de Bernardo Soares, o semi-heterónimo de Fernando Pessoa, assim considerado porque, como o seu próprio criador explica “não sendo a personalidade a minha, é, não diferente da minha, mas uma simples mutilação dela. Sou eu menos o raciocínio e afectividade.”

Um filme de arte com uma qualidade da fotografia imaculada, uma cuidadíssima escolha dos cenários e um exercício estético rebuscado, tendo como fio condutor os textos de Fernando Pessoa, levados pela mão do realizador, João Botelho.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s